Aumentar Tamanho do Texto Tamanho do Texto Selecionado
HOME
Clique em um dos links abaixo
DESENVOLVIMENTO DA VISÃO
CONJUNTIVITES - VOCÊ ESTÁ AQUI
ALERGIAS
TOXOPLASMOSE
RETINOBLASTOMA
DOENÇAS INFECCIOSAS
AMBLIOPIA
CATARATA CONGÊNITA
GLAUCOMA CONGÊNITO
VISÃO SUBNORMAL
MÁ-FORMAÇÕES
LACRIMEJAMENTO
Clique em um dos links abaixo
PRINCIPAIS PROBLEMAS
RETINOPATIA DA PREMATURIDADE
EXAMES OCULARES
CIRURGIAS OCULARES
NOTÍCIAS
ARTIGOS
APRESENTAÇÃO A MÉDICA FALE CONOSCO ACESSO
Conjuntivites

Principais cuidados e tratamentos

A conjuntivite é muito comum em crianças de todas as idades. Uma vez constatada, é importante que os pais tomem cuidados especiais. Antes mesmo de procurar o oftalmologista, algumas providências podem ser tomadas para atenuar os sintomas da doença, entre elas:
  • Não deixar a criança coçar os olhos. Compressas frias são eficientes para atenuar a coceira e demais sintomas.

  • Limpar a parte externa dos olhos com um algodão molhado em água fervida, soro fisiológico ou água boricada.

  • Reforçar a alimentação da criança com um cardápio rico em Vitamina C.

  • Pedir o afastamento da criança da escola por, pelo menos, uma semana (quando contagiosa). O oftalmologista poderá fornecer um atestado médico.

  • Evitar que a criança pratique exercícios físicos excessivamente. Repouso é fundamental.

  • Lavar as mãos da criança com água e sabão freqüentemente.

  • Trocar as toalhas e fronhas (que devem ser usadas apenas pela criança) diariamente.

  • Não permitir banhos de banheira, piscina ou de mar.

  • Evitar que a criança beije ou cumprimente com as mãos, caso a conjuntivite seja contagiosa.

Em alguns casos, estas providências são suficientes para a conjuntivite (dependendo do tipo) regridir completamente. Caso os sintomas persistam por mais de três dias, os pais devem levar a criança para a avaliação de um oftalmologista. Este médico irá prescrever os medicamentos adequados, que não devem ser interrompidos antes do tempo, mesmo que a criança apresente melhoras.
Obs. Se apenas um olho estiver vermelho, a consulta médica deve ser ainda mais urgente.


Imprimir  


O conteúdo deste site tem fins informativos e não pretende
substituir a consulta ou tratamento oftalmológico
Política Copyright Sitemap Sintonia Comunicação